Mais de 80% das escolas fechadas no Pará são do campo

Redação Por: Redação

Educação Novidades

Publicado em 26/09/2019 11:08h

Mais de 80% das escolas fechadas no Pará são do campo

Foto: Marcello Vitorino iStock

 

Dados do censo escolar do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) constataram que, em 2018, das 432 escolas extintas no Pará, 369 eram do campo. Os resultados foram apurados pelo Fórum Paraense de Educação no Campo (FPEC).

O município de Prainha foi o que mais fechou escolas rurais – total de 40 instituições. Em seguida, vem Alenquer, que fechou 38, Breves (37), Itupiranga (32), Marabá (29), Bagre (21), Conceição do Araguaia (19) e Belém (18).

O Ministério Público do Estado visitou a comunidade quilombola Menino Jesus de Pitimandeua, em Inhangapi, na última quarta-feira, 18. No local, 19 escolas rurais foram extintas, sendo seis quilombolas.

Audiência Pública

Na próxima sexta-feira, 27, a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), Comissão de Direito à Educação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PA) e FPEC organizarão uma audiência pública no auditório João Batista, a partir das 14h. A sessão contará com a participação da Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat. 

 

Fonte: Roma News

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Carajás - Blog de Notícias